quarta-feira, 17 de março de 2010


"Ahh... A saudade..."

Saudade...
Só sabe o que é saudade de verdade quem ama.
Mas que, apesar da dor da distância, não reclama.
Pois a saudade é a certeza de que existe amor.
É a confirmação de que o constante anseio é ter o amado por perto.

A saudade aproxima, por mais que distancie por algum tempo.
Prefiro pensar na saudade no momento em que ela é saciada.
Parece que o amor triplica nesse instante.
No instante em que a distância é quebrada...
E o coração não se importa com ele mesmo,
Acelera sem medo de bater.

O anseio de envolver-se nos braços,
De olhar nos olhos e beijar os lábios...
(...)
Por um momento o silêncio,
A não-existência de nada mais ao redor.
E a saudade que vai embora.

Doce sensação da sua presença...
É um sentimento acolhedor e confortável.
Talvez não seja possível descrever esse amor que aumenta ao saciar a saudade.
Amor que quer provar ao inconsciente de que é um sentimento verdadeiro.
Mesmo que já tenha certeza.
Amor que prevalece e cresce entre distâncias e reencontros...
E que aumenta, mais uma vez, no saciar da saudade.

Lindsey Soren
- Fernando Galvão.

Um comentário:

Cêe disse...

óun!
Seuslindos!