sexta-feira, 13 de junho de 2008

"Sem limites"

Eu quero ser como o mar, que não tem limite.
Espero ser como o ar, que é necessário, e não há quem evite.
Não sei qual é meu destino, mas vou seguir o caminho que me permite...
Alcançar o que não está tão perto.
E de toda dificuldade fazer-me forte...
Lutar e não desistir até dar certo,
Ainda que a minha ameaça seja a morte.
Não importa o quanto árduo seja...
Nem o quanto longe esteja...
Aquele que busca seus ideais,
Tem virtudes imortais.
Porque não limita a sua capacidade.
Luta pela sua própria vontade...
De ter a perfeição como objetivo.
E não se satisfaz enquanto estiver vivo.
Assim como o ar acompanha a minha vida,
Enquanto respirar, lutarei pelo o que acredito.
Ainda que a terra seja destruída...
Restará-me o mar,
Seja onde estiver sempre haverá forças pra lutar.

2 comentários:

Guii disse...

Dahora amor, ainda acho que você vai ser uma grnade escritora *.*

Nely Ayanami disse...

EEEEEEEEEEEEE
finalmente a Lindsey fez um blog!!!!!!!!!