sábado, 14 de junho de 2008

"Nossa história"

O início se fez numa noite de melodia, a ilusão do ódio se transformou em amor com o passar dos dias. O caminho antes solitário passou a ser trilhado lado a lado. Foi plantada a semente que as uniu para sempre! Subiram então no mesmo barco, negro mas tão iluminado que flutuava numa madeira divina, preciosa... Águas passaram e a corrente, o fluxo do caminho em que seguiram com-passos iguais em harmonia. O barco encosta numa ilha chamada Stand-arte em que a arte permanece, e a união prevalece. Andaram, então, constantemente sem pausas, mas por entre fermatas. E como um ponto de aumento ao lado de uma figura musical, nunca se separam e seguem um mesmo destino, sem mudar de tom, na mesma ordem como sustenidos e bemóis. Nas dificuldades se mantêm ainda mais unidas, ainda que sofrendo, quase que por um fio, ou por quatro... Seguiram e numa leveza como o harmônico que não se revolta pela pressão. Mas é das dificuldades que se faz forte, com o som do talão, e dessa forma que se vê os amigos verdadeiros... tão claro e nítido como o espelho, aquele que revela a sua imagem, que por mais negro que seja, seu som é suave... O ar que respiram é o som que nele há, é a música que não as deixa padecer da solidão!
Aos poucos a história se desenvolve como numa composição musical e a cada compasso o ff entre as mesmas prevalece! Viveram dias tão bons quanto o som afinado e divino do violino, sofreram dias tão difíceis quanto emitir som de um arco sem breu. Mas a cima de tudo, são tão amigas e unidas quanto as cordas e as cravelhas.

por: Lindsey Soren.

*Uma pequena homenagem às minhas queridas e pra sempre amigas Lyarah e Noelle*

2 comentários:

Nely Ayanami disse...

seeeeeem palavras!!!!!!!!
perfeito!!
;*********
s2

Guii disse...

Nossa amor, inspiração medonha meew, ficou lindo demais poh!